Sobre



Bem-me-quer, mal-me-quer. Puxando as pétalas de uma flor fazemos decisões sobre as nossas vidas. E a cada pétala retirada, um novo caminho é traçado. E mais um rastro é deixado na sombra de flores atrás de você. Se somos flores, eu sou um dente-de-leão. Um vento bate e eu vou-me embora. Significa liberdade, mas também significa fragilidade. Pissenlit sou eu. Um dente-de-leão. E, em um texto que estava escrevendo, deixei a caneta solta e a mente liberta para ela escrever por mim qualquer pensamento. No meio desses pensamentos, me achei:
Desculpe se sou assim meio bagunçada. Desculpa se gosto de livro de romance. Desculpa se tenho um jeito meio feminista às vezes. Desculpa se reclamo do meu corpo. Desculpa se ainda durmo com o ursinho que você me deu há dois anos e se também não consegui jogar as outras coisas fora. Simplesmente, porque "desapegar" não é o meu lema. Desculpa se eu gosto de ler a super interessante nesses dias vazios. Desculpa se me desligo do mundo porque acho que ele está melhor sem mim. Desculpa por ter uma sacola com chocolate dentro do meu armário. E se parei de comer salada. E se larguei a academia. Desculpa se gosto de escrever. E se às vezes eu me concentro em muita coisa de uma vez só e por isso perco a concentração. Desculpa se eu gosto de música calma bem alta na hora de escrever. Desculpa se eu derrubo o travesseiro à noite porque machuca as minhas costas. Desculpa se às vezes gosto de carinho e fico grudenta. Desculpa se sou um pouco hipócrita. Mas acredito que todo mundo seja de vez em quando. Desculpa se sinto sua falta demais. Desculpa se eu fico querendo que você demonstre. Desculpa por todas as vezes que eu precisei de você e não te chamei. Eu achei que iria te atrapalhar. Desculpa se mando indiretas. E diretas. Desculpa se sou frágil como um dente-de-leão. Desculpa se nunca me acho boa suficiente para nada. Desculpa se me acostumei com essa auto depreciação. Desculpa se costumo desabar. Desculpa se te amo tanto.
Pissenlit é "dente-de-leão" em francês. Não que eu fale francês. Brincando com o tradutor do google uma vez, descobri que a minha palavra favorita em inglês (dandelion) também era linda em francês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário